Quando o Público é Privado!

Quando o Público é Privado!

Há de se pensar que o que é público, existe porque historicamente o ser social demandou e convencionou que assim fosse. Surgiu então grande necessidade de se organizar cidades, instituições e o objeto que iria justificar tudo isto, a causa pública.

Muito satisfatório, no entanto, se colocar na condição de “simplesmente público”, entendendo que o que é público pertence somente ao poder público e assim as responsabilidades sociais são apenas das instituições.

Como assim, cidadão? Como não considerar privado o que é público? O que é público pertence a cada cidadão. Assusta o incorrigível entendimento de que tudo aquilo distante do nosso olhar pessoal, não seja um problema da cada indivíduo que contribui de forma visível e invisível com o grande montante arrecadado de impostos que geram dinamismo socioeconômico.

Assim, estamos falando de geração de diversos recursos públicos, administrados por instituições públicas, destinados ao público, a Você cidadão. Sendo assim, o que é público é seu cidadão, é seu contribuinte, e a Você deve ser prestado contas, cabe a Você tomar conta.

Então, é fato e notório, e deve ser compreendido de que, mesmo “contrariando a semântica”, o que é público, é privado!!!

Não prive-se de ser efetivamente público!!!

 

João Salú