Escondido no peito

Escondido no peito

Enraizado em ti existe um grande amor
Sabe aquele que você ainda não descobriu?
Ele existe sim, e quer brotar para alguém
E o tempo chegou para te dizer
Extrai esta maravilha do peito
Urge liberar o pulsar para amar e ser amado.

Músculo ungido pelo Divino Criador
Devidamente tratado para amar
És digno para ser solidário
Permita-se cuidar dos desprovidos
Extrai esse sujeito do peito
Apresentais-vos voluntariamente.

 

Por João Salustiano