A importância da Transformação para uma vida Feliz

A importância da Transformação para uma vida Feliz

 

“Aquele que tem um porquê para viver pode suportar quase qualquer como.”
Friedrich Nietzsche

 

Desde que comecei minha coluna aqui no Mais Ituberá, tenho destacado a importância do autoconhecimento. Esse é o ponto transformador da vida, pois, conhecer a si mesmo nos deixa com uma postura mais segura e com a certeza de saber se portar em relação aos desafios da vida. A partir do conhecimento de quem somos fica mais fácil entender como nos relacionamos com as pessoas e, mais do que isso, planejar para onde vamos.

No livro “’Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”, Stephen Covey destaca, assim como defendem muitos outros autores e pensadores, que a primeira e maior vitória é a transformação pessoal, ou a mudança que fazemos em nós mesmos a partir da busca de valores éticos que possam realmente nos tornar pessoas melhores para os desafios que a vida apresenta. A partir do entendimento de quem somos fica mais fácil a compreensão dos fracassos, crises e desarmonias que vão se repetindo nos relacionamentos e projetos no decorrer de vida e, a partir daí, fazer a correção de rota necessária para sair desse abismo que freqüentemente nos arrasta e nos derruba toda vez que a esperança de uma vida melhor, mais gratificante e feliz se apresenta e, para além disso, não culpar os outros por nossas escolhas equivocadas e pelos problemas que nos afligem.

E nesse mundo em que muitas pessoas “se perdem” nos diversos caminhos onde as muitas influências e incentivo a individualidade egoística acaba deixando muitas baixas, quer seja sobre a forma de depressão, crises existenciais e outras doenças psicossomáticas, como fazer para obter o autoconhecimento? Existem algumas técnicas que podem ser aplicadas por profissionais como psicólogos, psicanalistas e coachs, dentre outros, de preferência uma profissional que você confie, e que ajude nessa construção e aprendizado.

Mas, em tempos de defesa de terrenos do ser e personalidades “autênticas” que não se dobram a opinião dos outros, posso aplicar técnicas para melhorar – ou até alterar – a minha personalidade? Isso não seria uma negação do meu eu, tão forte, tão marcante e não influenciável em campo de batalha em que minha posição deve prevalecer sobre os demais no intuito de manter minha vida mais confortável, do jeito que planejei e sem muitas flutuações? Diante dessas afirmações e desejo de autodefesa volto para o real sentido desse artigo, você quer melhorar a condução da sua vida, construir melhores relações e ter mais eficácia em seus projetos pessoais? Se respondeu que sim, para iniciar essa caminhada é importante primeiro, buscar se conhecer usando de total sinceridade consigo mesmo nas devidas avaliações e técnicas com ajuda profissional e, depois, buscar agregar valores que permitirão ter relações e construções mais sinceras e, sem sombra de dúvida, uma vida mais exitosa e gratificante. Se respondeu que não, continue sendo “você mesmo”, mas, se prepare para suportar as dores e dissabores dessa conduta e comportamento repetitivo. Apenas tome cuidado para não se arrepender tarde demais. Pense nisso!!!

Uma semana de muita paz e evolução pessoal, o mundo precisa de você!!!

 

Amândio Barbosa

Ser humano, casado, pai de dois fillhos, Coach, professor universitário, palestrante e consultor empresarial, Economista e Administrador.
Tem como Missão, “Ser um ser humano mais completo e colaborativo, ajudando as pessoas a atingirem o seu potencial máximo através do senso de contribuição, maior satisfação e felicidade para assim, ajudar na construção de um mundo melhor.”

Facebook: https://www.facebook.com/amandiobarbosa
Instagram: @amandiobarbosa